O unboxing e a geração de valor
A cultura do YouTube revelou para o mundo algo que os designers já sabiam há muito tempo: o valor do unboxing.

Até um invólucro simples, mas que tenha um método de abertura diferente.
aaa
Logo Atemporale Design

Categoria: inbound marketing

Descubra o que é o Inbound Marketing e não desperdice mais recursos

Por Carollina Li - Tempo de leitura: 8min
Salvos para ler depois
Adicionar aos meus preferidos!
Descubra o que é o Inbound Marketing Descubra o que é o Inbound Marketing Descubra o que é o Inbound Marketing

O tema marketing digital está em evidência porque estratégias para a presença online e atração de clientes na internet se tornaram básicas quando o assunto é ter um negócio próspero. Isso quer dizer que, sem elas, é bem mais difícil alcançar, atrair clientes e se destacar sobre a concorrência.

Entre essas estratégias, podemos citar o inbound marketing como uma das mais importantes. Além de trazer novas oportunidades de venda, ele promove o posicionamento de mercado, branding e autoridade para a sua marca.

Se você ainda não sabe o que é inbound marketing, venha conosco!
Leia este artigo até o fim e comece já a sua estratégia!

O que é inbound marketing?

É a prática que visa atrair o cliente sem interrompê-lo. Ajudando-o a se informar e conhecer a solução da sua empresa para o problema dele.

Nessa estratégia, leads (clientes em potencial) mais qualificados serão atraídos para o seu site e você poderá trabalhá-los por meio da nutrição (como por exemplo com o envio de e-mail marketing) para que eles possam se transformar em clientes fiéis e defensores da sua marca.

A fase de atração pode ser feita através do marketing de conteúdo, com a produção de temas relevantes para o seu público e que se relacionam com o sua oferta (produto ou serviço). Estes conteúdos podem ser vídeos, blog posts, podcasts, microposts nas redes sociais, whats app entre outros.

Como montar uma estratégia de inbound marketing?

Antes de colocar a mão na massa, faça uma pesquisa para conhecer bem o seu público e o comportamento dele, o mercado e concorrentes. Mais precisamente para o mundo digital a prática é a criação de personas para que se conheça no detalhe o perfil do seu público de interesse.

Com esses dados é possível montar uma estratégia que se conecte com seus consumidores. Essas informações também o ajuda a acertar na linguagem e nos meios para publicação de conteúdo (textos, vídeos, podcasts), além de identificar as melhores redes sociais para divulgar o seu material.

Estrutura

Montar a estratégia de inbound marketing é algo que precisa ser feito com embasamento nos dados que citamos acima, além das informações demográficas do seu público.

A partir disso, é preciso mapear a produção de conteúdo, seguindo a lógica do funil de vendas, que possui três etapas. Elas formam a jornada de compra, que é por onde um cliente, geralmente, passa para tomar a decisão.

Sua estratégia deve conduzi-lo desde o momento em que ele ainda não identificou o problema até quando já entende que o tem e que há uma solução: seu produto ou serviço.

Esse mapeamento deve ser um controle com informações como:

  • palavras-chave escolhidas: o que seus clientes mais buscam na internet que está relacionado ao seu produto;
  • volume de pesquisa de cada uma;
  • tipo de conteúdo atribuído a ela em seu site: página, post, material rico, landing page;
  • etapa do funil correspondente;
  • status: em produção, publicado, em revisão;
  • data planejada para publicação;
  • data da publicação,
  • entre outras informações que se fizerem úteis.


Nutrição de leads

A nutrição de leads também faz parte de uma estratégia de inbound marketing. Portanto, construa e-books, infográficos ou outro material rico. O seu leitor para ter acesso a esse tipo de material deverá deixar um e-mail para contato.

Classifique-os em sua base de acordo com suas conversões em formulários e crie fluxos de automação para envio de e-mails marketing, considerando a jornada de compra.



Qual é a diferença para o marketing tradicional?

O marketing tradicional, ou outbound, consiste nas técnicas utilizadas para levar a empresa até o consumidor por meio da propaganda (anúncio).

O inbound, por sua vez, é o oposto: clientes são atraídos para a sua marca pelo interesse em aprender sobre determinado tema que frequentemente vai ser a “dor” dele.

Ao atrair os clientes as empresas melhoram os percentuais de conversão, já que os leads que chegam tem mais conhecimento sobre o tema e estão qualificados a comprar.

Podemos falar sobre um outro diferencial, que é a experiência do cliente. Mais entendidos sobre o funcionamento do produto e do serviço, têm menor resistência de comprar e sentem-se mais seguros sobre a escolha. Promover o inbound é também uma forma de melhorar o relacionamento da sua marca com o consumidor.

Por fim, podemos concluir que entender o que é inbound marketing e aplicá-lo é uma ação que, a médio e longo prazo, vai representar melhoria significativa nas vendas em seu negócio. Os clientes encontrarão seu produto com mais facilidade, serão atraídos pelo seu conteúdo e terão mais segurança e identificação com a sua marca.

Gostou deste conteúdo? Então siga a gente no Instagram para sempre receber as melhores informações para o seu negócio!

Adicionar esse post aos meus favoridos!
Carollina Li

Carollina Li (Diretora de projetos):

Formada em design pela UEMG, mestra em design sistêmico pelo Politecnico di Torino e estudante incansável de marketing. Atua no desenvolvimento de estratégias de diferenciação para pequenas empresas. Apaixonada por pensar o design e o marketing de forma sistêmica. Pesquisadora de nascença. Sonhadora de carteirinha. Van Gogh, Salvador Dalí e Naruto são grandes inspirações. :) Carollina ama intensamente a natureza, escrever, viajar e encontrar sentido em tudo o que faz.

O que você achou deste conteúdo? Compartilhe conosco nos comentários.